terça-feira, 13 de janeiro de 2015

Você se permite enxergar os pequenos detalhes?



Vocês já viram o livro que estou lendo? Está na aba ali em cima. Desde que me conheço por gente sou amante da leitura e, logo, da escrita. Claro que a possibilidade ler, ouvir, conhecer e poder recontar histórias me levaram ao jornalismo e a necessidade de me aperfeiçoar, levaram-me também à pós em Língua Portuguesa. Bom, voltando ao amor inicial citado na primeira linha, estou lendo agora um livro chamado A ASSINATURA DE TODAS AS COISAS, um romance da Elizabeth Gilbert - autora do famosíssimo COMER, REZAR, AMAR , aquele do filme com a Julia Roberts e o delicioso Javier Barden

Enfim, no final do ano estou eu dando uma bisbilhotada despretensiosa numa loja de departamentos quando vejo o exemplar lá. Fã da autora, já fui ler do que se tratava. Me interessei e fui atrás de uma daquelas máquinas que nos permitem descobrir quando custa o produto na loja e la anunciava que aquele livro de mais de 500 páginas custavam só 19 dinheirinhos. Confesso que achei que haveria algo errado e peguei outro exemplar do mesmo livro para conferir o preço. Igual.

Dei uma busca rápida no smartphone e vi que nas livrarias virtuais o livro custava em algumas lojas um pouco mais de 50 dinheiros. Isso foi dias antes do Natal. Ainda vi o preço do e-book, que costuma ser mais em conta e achei por pouco mais de 20 dinheiros. Ai me vi numa enrascada. havia prometido a mim mesma não gastar mais dinheiro à toa. Livro, seja ele de que for, deve ser visto como um investimento, mas como tenho dezenas e dezenas deles ainda não lidos em casa, dá para entender meu desafio diante do que fazer. Devo ter perdido uns 40 minutos na loja decidindo se levava ou não. Trouxe, claro, mesmo achando que poderia ser uma história fraca. Digo isso, porque não gostei do livro obre casamentos lançado pela mesma autora, logo após o Comer, Rezar, Amar.Confesso que nem consegui terminar de ler, por isso o meu temor com esse novo título.

Acontece que mal consigo dormir envolvida com a história e cheguei numa frase que me marcou muito. Aliás, todas essas linhas só para transcrever a frase, pode com isso? Lá na página 215, um novo personagem afirma: 

"Acho que muita gente da as costas às pequenas maravilhas. Há muito mais força a ser encontrada nos detalhes do que nas generalidades, mas a maioria das almas não consegue se treinar para ficar quieta para enxergá-las".

Sabe, isso me soou como um elogio. Sou uma pessoa que preza demais às pequenas coisas. Cresci ouvindo "que quem é fiel no pouco, também é fiel no muito", algo tirado, de certa forma, do texto bíblico de Mateus 25:21, em que Jesus diz: "Você foi fiel no pouco, eu o porei sobre o muito". Então cresci aprendendo a observar e admirar, também as pequenas coisas. Logo isso se tornou o slogan do blog: inspirando com pequenos detalhes.

Fico feliz em chegar ao 13° dia do ano, com aproximadamente 95% de postagens apresentando algum diferencial interessante feito aqui ou por alguma amiga. Estamos rodeados de boas ideias e ações, basta treinar a alma pra enxergar. Augusto Cury afirma que as boas ideias surgem a observação dos pequenos detalhes. Torço demais para que seu 2015 já esteja sendo um ano cheio de boas ideias e se não está, pense que hora de dat atenção aos detalhes. Boa sorte. 

Bjks,

Flávia



* Querid@as, não esqueçam de responder a enquete do blog e se cadastrarem para participar do sorteio, ok? Conto com vcs, é só clicar aqui ou na imagem de laço aí ao lado, lembrando que a top comentarista do mês, entra no sorteio duas vezes.



Um comentário:

  1. Nosssaaaa, fiquei com vontade de ler este livro..Amei a frase..beijos

    ResponderExcluir

Seu comentário é super importante para mim. Conto com você me dizendo o que achou desta postagem. Gratidão.