terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

Milk


Semana passada, numa das minhas crises de insônia, assisti (pela primeira vez!) o filme Milk, protagonizado por Sean Penn (que amo de paixão desde Picardias Estudantis (que vi zilhões de vezes na Sessão da Tarde), em que ele fazia o papel de um surfista. Desde então venho acompanhando a vida e a obra desse tão excepcional artista (parece que agora está namorando Scarlet Johansson!!).
Bom, em Milk - que estreou em 2008 e se passa na década de 70, baseado em fatos reais - Penn é Harvey Milk , um militante gay que se torna o primeiro homossexual assumido dos EUA com um cargo público de importância. Gente, ele ganhou um Oscar por esse filme, pois está realmente maravilhoso! Não conheci o verdadeiro Milk (que foi assasssinado por um colega de trabalho), mas pelas poucas cenas que aparecem este homem (já nos créditos finais do filme), Sean o interpretou com maestria. É fantástica sua interpretação de gay. Ele consegue ser leve e intenso ao mesmo tempo, delicado e dedicado em suas causas. Um guerreiro.
E ainda contracena com James Franco, ator que passei a admirar depois de ver Comer, Rezar, Amar (n gostei dele em Homem Aranha!). Vale a pena ver o filme. Abaixo, a sinopse do Adoro Cinema.
Ah, algumas curiosidades: Neste filme aparecem outros atores de sucesso das telinhas, mas estão quase que irreconhecíveis. Esse é o exemplo de Emile Hirsch (o ator principal de Speed Racer), que faz Cleeve Jones e Alison Pill (Anne Kronenberg)

SinopseInício dos anos 70. Harvey Milk (Sean Penn) é um nova-iorquino que, para mudar de vida, decidiu morar com seu namorado Scott (James Franco) em San Francisco, onde abriram uma pequena loja de revelação fotográfica. Disposto a enfrentar a violência e o preconceito da época, Milk busca direitos iguais e oportunidades para todos, sem discriminação sexual. Com a colaboração de amigos e voluntários (não necessariamente homossexuais), Milk entra numa intensa batalha política e consegue ser eleito para o Quadro de Supervisor da cidade de San Francisco em 1977, tornando-se o primeiro gay assumido a alcançar um cargo público de importância nos Estados Unidos.
RECOMENDO, CLARO!


Últimos dias para se inscrever no sorteio do blog e concorrer a um kit Fique Linda no Verão.
Participe
AQUI.

3 comentários:

  1. Não assisti ainda, mas depois de ler aqui, fiquei mais curiosa e vou tratar de assistir.
    Beijoca

    ResponderExcluir
  2. OLÁ
    ADOREI O BLOG E ESTOU SEGUINDO
    ME SEGUE DE VOLTA:
    WWW.AMORIMORTALL.BLOGSPOT.COM
    BEIJOS

    ResponderExcluir
  3. Oi Flavia, eu adoro filmes.E ter um momento cine e pipoca é tão bom.Nunca tinha ouvido falar desse filme, mas a dica esta anotada...Bjos

    ResponderExcluir

Seu comentário é super importante para mim. Conto com você me dizendo o que achou desta postagem. Gratidão.