sábado, 30 de outubro de 2010

No devils, just plenty of spirited fun

Li essa matéria logo que foi publicada. Seu tema me chamou a atenção, pois sou evangélica e neste final se semana brinquei com meus filhos o halloween, como faço já há alguns anos. Sendo assim, sou EXTREMAMENTE criticada. Mas não vejo maldade na brincadeira, nunca vi, porque festejamos mesmo como um meio, uma estratégia para reunir as crianças para uma folia gostosa (como postei AQUI). Não comemoramos nada em específico, apenas nos reunimos para comer gostosuras e fazer travessuras bem fantasiados, claro. Mas como sabiamente Steven Murray, da Primeira Igreja Batista de Houston: "É só tornando-nos disponíveis para as pessoas que elas vêm em nossa porta."
Por isso faço questão de levantar a bandeira: "Mais Jesus (uma pessoa livre de todo e qualquer preconceito) e menos religiosidade (com todas as hipocrisias que são criadas dentro das igrejas).

Ah, o texto toscamente traduzido (com a ajuda do google) está logo abaixo. Para ler a original (em inglês), escrito por Jeannie Kever e publicado no Houston Chronicle, clique AQUI.


Sem demônios, apenas muita diversão animada
Igrejas brincam o Halloween com festivais que visam a sensibilização da comunidade

As igrejas uma vez ignoraram o Dia das Bruxas, desconfortável com as raízes do feriado pagão. Mas cada vez mais, algumas dessas entidades religiosas estão usando a data para se conectar com a comunidade e não-membros pela realização de eventos para a família, incluindo festivais e festas chamadas Doce ou Travessura.

Festa que hoje acontece no campus da Primeira Igreja Metodista de Westchase, por exemplo, que irá incluir uma casa de diversão e um concurso de fantasias, tornando-se um aspecto horrível, como um carnaval tradicional de Halloween.

"Havia uma mentalidade de 'não vamos nem mesmo reconhecer que a festa existe e talvez isso a faça passar", disse Steven Murray, um porta-voz para a Primeira Igreja Batista de Houston. "Mas isso não funciona. Halloween é um fato da vida."

Então conte a Primeira Igreja Batista entre as igrejas que usam as festas para chegar a potenciais membros. "É um evento muito natural ter", disse Randy Reeves, pastor-executivo da Comunidade de Woodlands, que espera milhares de pessoas a assistir às suas festividades de domingo à tarde. "Você tem um monte de gente vem em seu campus e se você pode convidá-los à igreja, que é uma grande combinação."

Algumas, mas não todas, colocam um giro bíblico sobre jogos tradicionais. Em São Jorge da Igreja Cristã Ortodoxa Antioquina em West University Place, que realizou a sua festa ontem à noite, as crianças jogaram pufes em Golias dardos em um dragão - em paralelo com folclore em torno da igreja de São Jorge matando um dragão.

As igrejas ortodoxas não comemoram Dia de Todos os Santos em 01 de novembro, a maneira como muitas igrejas ocidentais fazem, disse o padre João Salem, o pastor da igreja. Ainda assim, é uma boa desculpa para uma festa.

Algumas crianças se vestem como santos, mas outros não.

"Nós apenas lhes dizemos que se abstenham dos demônios e bruxas e assim por diante", disse Salem. "Se eles quiserem vir como Santo Inácio, está bem. Se eles quiserem vir como Buzz Lightyear, tudo bem também."

"Doce ou Travessura" é um tema comum, com a oferta de membros da congregação trata da parte traseira de seus carros. Isso permite que os membros da igreja se misturem com as famílias da comunidade, disse Elizabeth Wallace de Cedar Bayou Igreja Metodista Unida em Baytown, que realizará a sua festa de domingo.

festivais de outono
Primeira Igreja Metodista, em diversos locais e no oeste de Houston, planeja dois festivais.

Dia 23 de outubro aconteceu o festival em Houston "não era uma alternativa para o Dia das Bruxas", disse o porta-voz da igreja Allen Houk. "Nós a chamamos de "um festival de outono. Temos evitado, pelo menos (centro), dos aspectos tradicionais de Halloween, porque alguns de nossos membros acham que fantasmas e duendes não vão bem com a igreja" .

Mas a festa de hoje no campus Westchase - que oferece serviços de adoração adicionais, juntamente com uma escola e um complexo recreativo alastrando - contará com um zoológico, passeios de pônei e abóbora decoração, juntamente com um concurso de atirar balões de água, uma caminhada de lua e um mágico.

Há também uma "casa de diversão", que Tom Gaden, diretor do complexo recreativo Quillian Center, descreve como uma casa não muito assustadoramente assombrada, e tronco-ou-tratamento.

Ainda assim, Gaden chega a chamá-lo um carnaval de Halloween.

"É o nosso festival de outono", disse ele.

Fellowship of The Woodlands, que atrai cerca de 18.000 pessoas para serviços em quatro locais a cada semana, teve uma festa de Halloween alternativa por anos, disse Reeves.

A igreja oferece rotineiramente eventos da comunidade na praça do seu campus em The Woodlands - as outras três localidades realiza serviços em um espaço alugado em Katy, Atascocita e Tomball - para um evento de Halloween que é natural, quando o feriado cai em um fim de semana, ele disse.

Este ano o festival começa às 16:00 de domingo e termina quando inicia
o serviço da igreja, às 18 horas.

Outros festivais acontecerão hoje, evitando a baixa das atividades de domingo.

Congratular-se com vizinhos

A Primeira Igreja Batista do partido - com um zoológico, bungee jumping, touro mecânico e um tanque dunking, com o pastor Gregg Matte como um alvo - acontecerá esta tarde. Isso deixa de estacionamento e outro espaço livre para os estudosda Bíblia à tarde e o culto da noite.

E vai permitir que os membros da congregação participem do movimento da luz da noite, o que encoraja os crentes para iluminar suas casas e compartilhar sua fé com os vizinhos na noite de Halloween.

"Esta é a única noite do ano que nossos vizinhos vêm até nós", disse Murray. "É só tornando-nos disponíveis para as pessoas que elas vêm em nossa porta."

4 comentários:

  1. Flávia, ganhei um selinho e indiquei seu blog, espero que goste!
    Beijo grande! bom feriado!
    www.soupobresouchique.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Muito bom o seu blog.
    Aguardo a sua visita ao meu
    http://antenadasefashionistas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Olá Flávia!
    Confesso tb não entender muito de selinhos, kkk mas só sei que vc posta o selinho no seu blog, indicando quem te mandou e indica novos blogs para ganhar o selinho (no caso 9 blogs) ok??
    Beijos!!

    ResponderExcluir
  4. Oi, Flávia! Concordo com o que você escreveu: "Mais Jesus e menos regiliosidade". Ou seja, mais amor, compreensão, tolerância, respeito, e menos daquele sentimento de radicalismo e hipocrisia que envolve muitas vezes as religiões. Acho que festas em comunidade são sempre uma ótima oportunidade das pessoas interagirem com quem vive a sua volta e tantas vezes passa até despercebido. E uma brincadeira saudável é sempre bem vinda! bjo!

    ResponderExcluir

Seu comentário é super importante para mim. Conto com você me dizendo o que achou desta postagem. Gratidão.